20 de setembro de 2013

Trip Rutas Andinas - 1º e 2º Dia



Buenas pessoal! Vou lhes contar aqui neste blog como foi o dia-a-dia da nossa motoviagem de 6000km pela Argentina, com destino as quebradas e cuestas da Cordilheira dos Andes.

Fomos entre 3 amigos, cada um pilotando sua moto. Como eu tinha montado o roteiro e tinha o GPS, seguia sempre na frente, em segundo lugar vinha o Pedrinho Ody e por fim o Mauri Rodrigues da Silva como batedor. Essa configuração permaneceu a viagem inteira.


1º Dia - 20/09/2013

Havia sido prognosticado um dilúvio na região sul do Brasil a começar justamento hoje, e portanto havia a possibilidade de pegarmos muita chuva na estrada. Como pretendíamos fazer 1200km somente hoje, saímos as 4hs de Portão, pra tentar rodar o máximo possível antes da chuva. Por sorte pegamos só uma chuvinha por apenas uns 50km perto de São Borja, próximo da fronteira com a Argentina.

Chegamos em São Borja e atravessamos a ponte que divide os países as 11hs da manhã, já com 570km rodados. Fizemos os trâmites necessários, trocamos dinheiro e saímos com o bolso forrado de Pesos argentinos que teria que aguentar pros próximos 9 dias de gastança. Tudo o mais rápido possível, pois nosso destino hoje é Presidencia Roque Sans Peña, na Provincia del Chaco que está a 630km de distância.

Chegamos logo depois de anoitecer, cansados e felizes por ter rodado 1200km. Depois de um reconfortante banho, fomos no Restaurante Bien José!, comer uns lomos e tomar unas cervezas pra relaxar.

Dia comprido! Descançando ao lado de um caminhão carregado de algarrobo.


Janta merecida depois de rodar 1200km.



2º Dia - 21/09/13

Hoje temos mais 800km de longas retas, para completar nosso deslocamento até a Cordilheira dos Andes. Aqui um céu de brigadeiro e muito calor, apesar do inverno ter acabado no dia anterior.
Saímos cedo para terminar de cortar a provincia del Chaco, a província de Salta, e parte da província de Jujuy, até Purmamarca, a 2400m de altitude nas montanhas.

Como ainda não tínhamos descansado suficientemente do dia anterior, os 800km de hoje foram cansativos. No fim do dia, acabou a monotonia das longas retas da planície do Chaco, que é um xaco. Agora temos a visão das montanhas se aproximando e mostrando seu tamanho imponente.

Depois de abastecer em Jujuy, começamos a subir em direção a Purmamarca, com o sol de lado e os cerros coloridos da região fazendo longas sombras no final da tarde. Cansados, fomos direto ao Hotel Luna Daniela, onde a proprietária Silvia Fagiani nos recebeu muito bem.

Mais uma etapa completada! Depois de um bom banho quente, fomos tomar chimarrão apreciando a vista. Infelizmente esta frio pra ficar do lado de fora do hotel. Mas nada como ver o anoitecer na cordilheira e assistir o nascer da lua cheia por traz das montanhas...

(Clique nas imagens para ampliar...)

Paradinha na sombra no Chaco argentino.


Tudo estava muito seco e vário focos de incêncio pelo caminho. No Brasil notícias de enchente...


Entrando pela Quebrada de Humahuaca.


A lua surge atras das montanhas, dando um espetáculo.


Iluminado pela lua.

Céu estrelado e a lua iluminando as montanhas.






3 comentários:

  1. Que espetáculo estas fotos a noite. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rogério! Seria uma grande oportunidade contemplar e fotografar a cordilheira nevada em noite de lua cheia. Deve ser sensacional.

      Excluir